255147828439789

última hora

Distrito do Alto Maranhão celebra 300 anos de história

4 de janeiro de 2019 - 11:42 | por Sergio Sanches
Distrito do Alto Maranhão celebra 300 anos de história
Congonhas
0

A comunidade do Alto Maranhão está em festa com a celebração de seus 300 anos! Em um momento festivo e emocionante, moradores e autoridades celebraram, na noite de 27 de dezembro, a bela história de uma das primeiras localidades de Minas Gerais. O momento foi marcado pelo lançamento, pelos Correios, do Selo Comemorativo alusivo ao aniversário do distrito.

O prefeito Zelinho destacou a importância da comunidade para Congonhas e parabenizou a idealizadora da cerimônia, a moradora Maria da Paz. Já o presidente da Câmara Municipal, Adivar Geraldo Barbosa, felicitou os moradores pelo aniversário do distrito.

As pessoas que se destacaram por suas ações em prol do desenvolvimento do Alto Maranhão foram homenageadas com entrega de Moções de Aplauso. Morador querido do distrito, o senhor Geraldo Lucindo, que faleceu no último dia 22, também foi homenageado.

Uma programação especial abrilhantou o evento. A Sociedade Musical Nossa Senhora da Ajuda executou o Hino Nacional, e os alunos das escolas municipais Nossa Senhora d’Ajuda e Dona Caetana Pereira Trindade, cantaram o Hino de Congonhas.

A aluna da E.M. Nª. Sra. da Ajuda, Shofia Santos Souza, executou no violino a canção “Parabéns para Você”. Já a aluna da E.M. Dona Caetana Pereira Trindade, Adriana Lúcia Silva Francisco, declamou uma poesia em honra à Nossa Senhora da Ajuda.

As apresentações da Folia de Reis e da Dança de Langra Nossa Senhora do Rosário evidenciou como essas tradições culturais, manifestadas há mais de dois séculos, são marcantes e valorizadas pela comunidade até os dias atuais. Já o grupo teatral Dez Pras Oito realizou uma interferência cultural.

A História de Minas passa por aqui

Historiadores afirmam que as primeiras povoações da região são trazidas pela bandeira do português Bartolomeu Bueno entre 1691 e 1700. As povoações aparecem sob o impulso do ouro fácil e à sombra do culto católico. Uma das primeiras localidades de Minas, o Alto Maranhão surge na primeira metade do século XVIII. Daqui, partem as bandeiras desbravadoras das minas.

Os bandeirantes fincam um cruzeiro no local e o denominam Arraial do Redondo, por causa dos irmãos portugueses José e Antônio Redon. Segundo a oralidade local, eles encontram uma imagem de Nossa Senhora d’Ajuda em um charco, onde constroem uma fonte, que se torna ponto de peregrinação religiosa. Uma capela de pau-a-pique abrigava a imagem da santa. Ponto estratégico do caminho velho da Estrada Real, o povoado assume, à época, também a vocação agrícola.

O primeiro livro de notas do cartório do distrito é datado de 11.08.1835, quando ele pertencia a Queluz. Em 1920, surge o nome Alto Maranhão, logo após o rio receber o nome do estado de origem do bispo Dom Manoel da Cruz, que havia visitado a localidade.

O distrito é transferido em 31.12.1943 para o município de Congonhas do Campo, criado em 17.12.1938. Na mesma época, Lobo Leite também passa a pertencer a Congonhas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *