255147828439789

Comissão do Bento Vive visita Bento Rodrigues e prepara memorial

30 de julho de 2019 - 12:50 | por Redação
Comissão do Bento Vive visita Bento Rodrigues e prepara memorial
Mariana
0

Um grupo liderado pelo vice-prefeito de Mariana, Newton Godoy, visitou Bento Rodrigues para fazer um reconhecimento do local. Os membros passaram por diversas ruas do sub-distrito e também conversaram com os moradores presentes para darem início aos trabalhos do Bento Vive, organização formada por dezenas de especialistas com o intuito de implantar um espaço memorialístico no local.

Três eixos condutores de trabalho foram pensados pela presidente do Bento Vive, Drª Mariah Ferreira. Segundo a professora, o ponto mais importante é ouvir a comunidade e não chegar com um projeto fechado e impositivo. “A ideia tem que partir em conjunto com a comunidade, segundo os valores dela. Precisamos os ouvir e também envolve-los, para fazer uma coisa que seja boa para eles”.

Além de um plano pensado em conjunto, a intenção do grupo é construir um projeto dinâmico, que coloque os moradores também em todo o processo de implantação do espaço. Para que a comunidade desenvolva as aptidões necessárias, diversos cursos estão sendo pensados e serão ministrados para eles. O terceiro aspecto elencado por Mariah é de que o espaço não seja somente um local que retrate a dor, mas para que sirva também para mostrar a história das pessoas e o futuro delas, trazendo vivacidade aos moradores.

A ideia de formar um grupo para se pensar em um projeto memorialístico de Bento partiu do desembargador do TJMG Drº Caetano Levi Lopes, que também é de Mariana. Segundo o mesmo, o local será importante para que as coisas não caiam no esquecimento. “O passar do tempo dilui tudo. É importante existir um local onde as pessoas possam visitar”. 

Segundo o vice-prefeito de Mariana, Newton Godoy, a iniciativa é uma prioridade para a gestão, visto a importância do local e dos acontecimentos. “É importante agirmos para que Bento seja sempre um marco e um lugar de preservação da memória, para nunca esquecermos de tudo o que aconteceu. Esperamos que o que ocorreu aqui, e também em Brumadinho, nunca mais aconteça”.

Uma das moradoras de Bento que estava presente durante a visita era Mônica dos Santos. Segundo a moradora, é importante que esta ideia se concretize. “Vai servir para que as pessoas vir conheçam a nossa realidade, o que nós passamos. Uma coisa é ver as matérias pela televisão, outra é pisar na lama, sentir e ouvir os nossos relatos”, destacou Mônica.

Fotos Lucas Mantovani

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *