255147828439789

última hora

Empregos da Samarco serão poucos em 2020

10 de dezembro de 2018 - 11:54 | por Redação
Empregos da Samarco serão poucos em 2020
Economia
0

Na semana passada, os vereadores ouro-pretanos receberam  representantes da Samarco para responderem questões sobre a contratação de mão de obra, via proposta do vereador Vander Leitoa (PV).

Guilherme Louzada, da gerência de Comunicação e Relacionamento Institucional, e o engenheiro de Mineração Airton Antônio deram esclarecimentos sobre a retomada das operações, além da implantação do Sistema de Rejeitos Cava Alegria Sul, para voltar a produzir.

A empresa depende ainda da conclusão do Licenciamento Operacional Corretivo (LOC) do Complexo de Germano, processo que  visa regularizar todas as licenças da Unidade de Germano, que estão suspensas.

A etapa de implantação da Cava  criará cerca de 750 empregos no pico de obras. Nela,  os funcionários diretos da Samarco e das empresas terceirizadas  devem ser reaproveitados no início das operações, estimada em  26%  da capacidade produtiva.

Vereadores questionaram critérios adotados para contratação de mão de obra, citando dados do Sine de Mariana e exigência de comprovante de residência no município.

Eles alegaram que Isso dificulta muito a contratação dos profissionais ouro-pretanos para atuar na reparação da mineradora.  Acrescida a informação de que a  empresa  dará prioridade às pessoas que já trabalharam e foram mandados embora, o número de empregos ofertados não devem impactar o índice de desempregados na cidade, em 2020.

Conforme os representantes da mineradora explicaram,  a expectativa é que as licenças necessárias para viabilizar o retorno das atividades sejam obtidas ao longo de 2019.

Foto: Tânia Rego(ABr) e CMOP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *