255147828439789

Festin 2019 terá apresentação de Teatro Lambe-Lambe de Ouro Preto

28 de agosto de 2019 - 13:44 | por Redação
Festin 2019 terá apresentação de Teatro Lambe-Lambe de Ouro Preto
Teatro
0

O Festival de Teatro Infantil de Cascavel edição de 2019, que acontece entre os dias 10 e 15 de setembro, na cidade de Cascavel, no Estado do Paraná, terá participação da Cia LuaPraRua, companhia de teatro de formas animadas de Ouro Preto.

O Festin vai contar com muitos formatos e a apresentação da Cia LuaPraRua, com a Intervenção com Caixas de Teatro Lambe-Lambe, será uma das atrações, com as caixas de teatro “Quintal”, “A lavadeira” e “Como Água Pro Sertão”.

As caixas foram criadas para que fosse possível levar arte para todos os cantos do mundo, já que com esse formato fica fácil fazer apresentações em qualquer espaço: ruas, salas, bibliotecas, etc.Nesse estilo teatral em miniatura, tudo acontece dentro de uma caixa com um arcabouço cenográfico como som, luz, cenário e bonecos para contar histórias curtas de até três minutos que podem ser assistidas por até três espectadores ao mesmo tempo. No Brasil, essa linguagem é desenvolvida desde 1989, inspirada nas antigas câmeras fotográficas que eram muito utilizadas como forma de entretenimento nas praças no século XIX.

As artistas garantem que o público cascavelense vai ficar muito curioso e surpreso! “É uma linguagem de teatro ainda nova e que gera muita curiosidade. Ficam as três caixas alinhadas e o público vê os outros espectadores assistindo.  Outra coisa são os detalhes e as sutilezas das miniaturas, cada caixa tem uma estética, uma manipulação, um cenário e uma história diferentes. A gente se surpreende porque aquilo que era pequeno se torna grande diante dos nossos olhos. O público pode esperar uma surpresa por ver que algo tão pequenininho pode fazer muito sentido. Isso modifica nosso olhar e nos ensina a prestar atenção nos detalhes simples do dia a dia. O Lambe-Lambe é uma pausa de três minutos que te leva para outro lugar: da imaginação, da criatividade”, descreve a bonequeira e atriz Tábatta Iori.

Desde já, as artistas estão ansiosas para mostrar essa linguagem para os participantes do Festin. ”A gente vive uma realidade muito pesada, fria, opressora. E no teatro infantil podemos resgatar tanta coisa que perdemos nesse sistema, que é a simplicidade, a imaginação, a criatividade, a brincadeira. A nossa expectativa para o Festin é das melhores”, anseia Tábatta.

Foto: Ane Souz

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *