255147828439789

Governo de Minas Gerais inaugura teatro histórico em Juiz de Fora

3 de março de 2018 - 15:07 | por Redação
Governo de Minas Gerais inaugura teatro histórico em Juiz de Fora
Cultura
0

O Governo de Minas Gerais inaugurou nesta sexta-feira (02/03) o Teatro Paschoal Carlos Magno, em Juiz de Fora. O espaço, cujas obras foram interrompidas ainda na década de 1980 e retomadas apenas em 2015, foi concluído graças a um convênio entre o Governo de Minas Gerais e a Prefeitura de Juiz de Fora. O investimento realizado por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) foi de R$ 6 milhões.

Representando o governador Fernando Pimentel na ocasião, o secretário de Estado de Cultura, Angelo Oswaldo destacou a relevância de o Estado realizar investimentos na área da cultura.

“É importante que essa casa se abra para acolher a todos. Trago um abraço fraterno do governador. Em um momento tão difícil, de crise e sem recursos, no início do governo, com a criação dos Fóruns Regionais, a população foi consultada e a resposta foi que se queria a construção do Teatro. Estamos felizes com esse resultado. Não se faz desenvolvimento social sem investir na cultura. Temos a certeza de que políticas públicas como essa serão referência”, afirmou.

O prefeito de Juiz de Fora, Bruno Siqueira, ressaltou a sensibilidade do Governo do Estado em destinar os recursos para tirar a obra do papel quase 40 anos após ter sido idealizada.

“A sensibilidade do governador Fernando Pimentel com a cultura garantiu a liberação dos recursos para o Teatro, cuja importância foi confirmada pela classe artística da cidade. A compreensão do governador em relação ao que essa obra representa foi fundamental para a realização da noite de hoje”, confirmou o prefeito.

O secretário Angelo Oswaldo e o prefeito de Juiz de Fora, Bruno Siqueira, prestaram homenagem a Vera Mello Reis, viúva do ex-prefeito de Juiz de Fora Francisco de Mello Reis, que idealizou a construção do Teatro. A inauguração do espaço artístico contou, ainda, com apresentação da Orquestra Sílvio Gomes e das crianças do Programa Gente em Primeiro Lugar.

Durante o evento, o secretário de Estado de Educação Wieland Silberschneider leu o texto do despacho governamental que define como prioridade a licitação da obra de reforma e restauração da Escola Estadual Delfim Moreira, em Juiz de Fora.

O Teatro

A construção do Teatro Paschoal Carlos Magno começou em 26 de fevereiro de 1981. A proposta de conceber um teatro municipal em Juiz de Fora surgiu durante uma apresentação teatral, que contava com a presença, na plateia, do autor, diretor e produtor Paschoal Carlos Magno. Diante do público, Paschoal fez um apelo ao então prefeito Francisco de Mello Reis, que presenteasse a cidade com mais um espaço apropriado para manifestações artísticas.

A Prefeitura de Juiz de Fora iniciou a construção do teatro, no entanto, problemas estruturais levaram a quase 40 anos de interrupção da obra, agora concluída com o apoio do Governo de Minas Gerais e da Codemig.

O empreendimento conta com um teatro para 400 pessoas, além de galeria de arte, anfiteatro, café e espaço para reuniões e ensaios.

Foto:André Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *