última hora

Itabirito intensifica fiscalização e conquista resultados no combate às queimadas

13 de setembro de 2018 - 11:04 | por Redação
Itabirito intensifica fiscalização e conquista resultados no combate às queimadas
Itabirito
0

Em meio a um período de clima seco e poucas chuvas, as queimadas se tornam um hábito ainda mais perigoso. Para combatê-lo, a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável intensificou a fiscalização contra focos de incêndio e conta com um importante aliado: a população de Itabirito.

“Nos últimos meses, dezenas de denúncias foram realizadas, apontando queimadas em lotes e quintais de casas do município. Então, além das ações constantes de conscientização, trabalhamos para identificar e autuar os responsáveis por esses crimes”, destaca o secretário Antônio Marcos Generoso.

Realizar queimadas é crime. Além disso, o ato é passível de multa mesmo se o autor estiver no próprio quintal e utilizá-lo para colocar fogo em lixo ou em entulhos em quantidade suficiente para incomodar a vizinhança. Justamente por isso, a participação da população, por meio de denúncias, tem sido fundamental.

“Essa parceria é fundamental para o combate às queimadas, evitando danos maiores ao meio ambiente. Também, a partir das denúncias, procuramos orientar os autores para evitar reincidência”, explica o fiscal de meio ambiente Jarbas Lima Lemes, destacando a queda na incidência de grandes queimadas a partir do trabalho.

Uma das preocupações da Secretaria de Meio Ambiente é o fato de o clima seco facilitar a propagação do fogo. Com isso, pequenas queimadas podem ganhar a proporção de grandes incêndios. “Nosso foco é orientar a população para melhorar a qualidade de vida de todos. É importante o entendimento de que um pequeno fogo pode se transformar em um desastre ambiental, então qualquer foco será autuado conforme a lei&# 8221;, antecipa Generoso.

As denúncias sobre danos ao meio ambiente podem ser realizadas pelos telefones:  3561-4008 / 3561-4009 – das 12h às 18h e sobre Combate a incêndios: 156 ou 199

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *