última hora

Museu Boulieu terá obras iniciadas em Ouro Preto

3 de agosto de 2018 - 02:09 | por Redação
Museu Boulieu terá obras iniciadas em Ouro Preto
Cultura
0

Foi assinada a ordem de serviço para dar início às obras de restauração e adaptação do anexo do prédio, onde futuramente será instalado o Museu Boulieu – Caminhos da Fé.

O Museu Boulieu abrigará aproximadamente 1200 peças de arte colonial e religiosa de origem brasileira, latino americana e asiática as quais foram reunidas ao longo de 50 anos de viagem do casal franco-brasileiro Maria Helena e Jacques Boulieu. A coleção foi doada à Arquidiocese de Mariana para a construção do museu. “A população vai poder ver muitas peças mineiras e brasileiras bonitas e também poder comparar uma Santana feita no nordeste do Brasil, com uma feita na Filipinas, é muito interessante”, destaca Jacques Boulieu.

Será um museu único na América, com peças artísticas de regiões colonizadas por portugueses e espanhóis ao redor do mundo. Os recursos para a restauração são da ordem de R$ 6,5 milhões proveniente da Vale via Lei Rouanet. Para Angelo Oswaldo, secretário de Estado de Cultura de Minas Gerais, o Museu terá uma mostra do barroco de todos os continentes, “para que toda a população ouro-pretana e todos aqueles que vem nos visitar possam avaliar a dimensão internacional do barroco e a singularidade do barroco ouro-pretano”, informa.

“O Museu Boulier conta uma história de amor e devoção de um casal que dedicou a algo muito importante. De forma generosa eles estão doando essa coleção à sociedade brasileira que terá a obrigação de zelar esse generoso e riquíssimo acervo, em prol da memória do mundo”, enfatiza Kátia Bogéa presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

O secretário municipal de Cultura e Patrimônio Zaqueu Astoni enfatiza que o Museu vai ser o grande legado do Ano do Patrimônio Cultural para a população de Ouro Preto, de Minas Gerais e do Brasil. “É um marco no ano do Patrimônio Cultural em Ouro Preto, pois, além de ser um museu único na América, com peças artísticas de regiões colonizadas por portugueses e espanhóis a redor do mundo, vai ainda divulgar nossa cidade e dinamizar a cultura. Ainda de forma inovadora teremos um roteiro de visitação as obras de restauro para a população e turistas, dentro do programa de educação patrimonial da Secretaria”, explica.

“Será mais um equipamento e atrativo turístico de extrema qualidade que vai eternizar toda a história sacra das obras de arte”, comenta Felipe Guerra, secretário de Turismo, Indústria e Comércio, que enfatiza que o museu é “importantíssimo para o turismo de Ouro Preto que vem gradativamente aumentando o número de visitantes. Com isso, vamos continuar trabalhando cada vez mais para diversificar a economia da cidade, passando pelo turismo e pela cultura”, completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *