última hora

Prefeitura de Mariana abre cadastramento dos apartamentos populares

9 de agosto de 2018 - 15:38 | por Redação
Prefeitura de Mariana abre cadastramento dos apartamentos populares
Mariana
0

Até 17 de setembro, a prefeitura de Mariana, junto com a Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania realiza cadastro para aquisição dos apartamentos populares. Os interessados que preencham os requisitos necessários devem comparecer na Arena Mariana das 08h às 12h e en13h às 17h.

Os apartamentos disponíveis ficam localizados nos bairros Santa Clara e Morada do Sol. Toda documentação necessária consta no edital, disponível no site e diário oficial do município.

Após a análise, do dia 18 de setembro a 17 de outubro de 2018, serão selecionados 83 primeiros classificados via critério estabelecido pelo Decreto Municipal nº. 9.409. Ou seja, encerrado o período de inscrição, a prefeitura disponibilizará, após 30 dias, a listagem desses cadastrados.

Como consta no edital, assim que publicada a listagem, os selecionados deverão complementar a documentação necessária para análise. Os técnicos receberão os documentos no período de 26 de outubro à de 1º novembro. A simples inscrição no cadastro não garante a concessão da unidade habitacional. Toda documentação será analisada de acordo com os critérios estabelecidos no decreto citado acima.

A análise final, após apresentação de toda documentação necessária, será feita entre os dias 05 a 30 de novembro e a divulgação oficial será feita no dia 03 de dezembro deste ano. Os demais, que não integram os 83 colocados, integrarão a lista de espera.

Poderão se inscrever as pessoas que possuam renda per capta inferior a ¼ do salário mínimo vigente; não ter sido contemplado anteriormente com moradia popular pelo poder público municipal; residir no município há pelo menos 05 (cinco) anos, contados retroativamente a partir da publicação do Decreto nº 9.409; ter cadastro no Cadastro Único de Programas Sociais e nos respectivos CRAS de referência e ter idade mínima de 18 anos, ou ser emancipado judicialmente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *