255147828439789

Quais tesouros existem nas gavetas de Mariana?

30 de julho de 2019 - 13:23 | por Redação
Quais tesouros existem nas gavetas de Mariana?
Cultura
0

Com o objetivo de contribuir para a reinvenção da cidade e estimular a transição para uma sociedade sustentável, acontece  no final de semana de 23 a 25 de agosto, em Mariana, dezenas de atividades gratuitas, como dança, yoga, contação de histórias, poesia, trilhas ecológicas, sustentabilidade, música, oficinas, conexão e sede de mudança.

O Cambia Festival é 100% baseado na Economia da Dádiva, isto é, depende exclusivamente do desejo dos participantes de compartilharem seus conhecimentos, talentos e recursos de forma voluntária e de aprenderem uns com os outros de forma divertida, participativa e gratuita. Um espaço onde o dinheiro possui pouco valor e o que realmente importa são as novas formas de viver, aprender e ser.

Nesse evento inovador e de transformação social, as atividades acontecerão ao longo de um circuito de locais públicos escolhidos pelos moradores da cidade e disponibilizados pela Prefeitura.

A área da igreja de São Pedro, por exemplo, foi o espaço escolhido para sediar a abertura do festival na noite de sexta-feira, dia 23 de agosto. Em volta de uma fogueira, o público participará de uma contação de causos e histórias locais, como a lenda que os marianenses costumavam guardar suas riquezas e comidas nas gavetas de suas mesas, e são até hoje conhecidos como “gaveteiros”.

A comunidade está convidada a realizar qualquer atividade relacionada ao tema do encontro: “Tesouros de Mariana”. Para participar, basta preencher o formulário através do link: http://bit.ly/cambiamarianaaté o dia 18 de agosto.

O evento

A primeira edição do Cambia Festival aconteceu em julho de 2018 na UMAPAZ (Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cultura da Paz, Parque Ibirapuera) e foi concebida a partir de um sonho coletivo durante o curso de Design em Sustentabilidade do Gaia Education. A segunda foi co-organizada com o Instituto Favela da Paz e aconteceu em junho de 2019 em uma região periférica da capital paulista. Um dos grandes diferenciais do Festival é o conceito da Simplicidade Voluntária e Desperdício Zero, levando à reflexão sobre como as nossas escolhas e ações impactam na saúde do planeta.

“O festival será simples em termos materiais, mas toda a mágica deverá acontecer no imaterial. A meta é abandonar a cultura do consumo e do descartável. Grande parte dos eventos e atividades que participamos hoje em dia nos convidam a fazer pouco mais do que consumir. No Cambia Festival convidamos todos a experimentarem um ambiente isento de transações comerciais e um mundo em que co-criamos juntos uma nova realidade”, explica Monica Noda, co-criadora do Cambia Festival.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *