255147828439789

última hora

Região reivindica a volta do trem que liga BH a Mariana

24 de maio de 2019 - 12:10 | por Redação
Região reivindica a volta do trem que liga BH a Mariana
Minas
0

Nesta semana, a Câmara de Ouro Preto sediou uma Audiência Pública promovida pela Comissão Extraordinária Pró-Ferrovias Mineiras da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para reivindicar a reativação do trecho ferroviário de Belo Horizonte a Mariana. Deputados, prefeitos, vereadores e outras lideranças políticas e sociais participaram da discussão.

O trecho ferroviário em pauta é parte da chamada Linha Mineira e passa também por Rio Acima, Itabirito e Ouro Preto, antes de chegar à Mariana. São cerca de 100 quilômetros que foram abandonados na década de 90 pela Ferrovia Centro Atlântica (FCA),  da Vale, e devolvidos à União. A reativação nesse trecho seria uma alternativa segura para ligar Belo Horizonte à região dos Inconfidentes.

Vale mantém trecho de passageiros entre BH/Vitória e Ouro Preto a Mariana. Sonho dos envolvidos quer reativar trecho da Ferrovia Centro Atlântica(FCA) abandonado pela empresa entre a capital mineira e a região dos inconfidentes. Imagem da Vale mostra trem de passageiros circulando nas proximidades de Santa Bárbara.

Segundo o vereador Juliano Ferreira (MDB), presidente da Câmara de Ouro Preto, participou da Audiência, a ferrovia contribuiria  para reforçar o turismo na região e seria uma forma de reparação das empresas envolvidas na mineração regional.

Uma proposta aprovada foi a realização de audiências semelhantes em Mariana e Itabirito.

O deputado João Leite (PSDB), presidente da Comissão Pró-Ferrovias, disse que ficou com expectativa muito positiva  em reativar o trem de passageiros e que conta com sugestões e trabalho de todos e da Advocacia Geral do Estado (AGE) que está á frente da ação civil pública sobre o tema.

Vereadores e lideranças da região debateram a volta do trem para compensar perdas e estimular turismo em Itabirito, Ouro Preto e Mariana

O prefeito de Ouro Preto, Júlio Pimenta, também destacou a importância da reativação da ferrovia. “Ferrovia é desenvolvimento. Ferrovia é fomento. Nós sabemos que distritos como Rodrigo Silva, Cachoeira do Campo, Miguel Burnier, Engenheiro Corrêa, Amarantina, Santo Antônio do Leite e São Bartolomeu vão se beneficiar muito com isso e toda Ouro Preto. Esperamos que isso aconteça dentro das várias ações que a Vale precisa fazer para minimizar os problemas causados e esperamos que a ferrovia se torne uma realidade para fomentar a economia, o transporte de passageiros e o turismo”, disse.

Representantes da empresa presentes no evento informaram  que estão atentos às sugestões  que serão encaminhadas nos escalões da mineradora para posicionamento..

Após críticas á mineradora, foram aprovados requerimentos que pedem a realização de audiências sobre o tema em Mariana, Itabirito e Rio Acima e um que pede visita técnica ao Tribunal de Justiça, durante audiência da Ação da AGE.

Fotos: CMOP e Vale

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *