255147828439789

última hora

Revitalização da Praça Gomes Freire é discutida na Câmara

20 de março de 2019 - 17:56 | por Redação
Revitalização da Praça Gomes Freire é discutida na Câmara
Mariana
0

Palco de história e comemorações atuais, o famoso “Jardim” de Mariana, como é conhecida a Praça Gomes Freire, foi tema de debate em reunião interna na Câmara, nesta terça-feira, 19. Solicitado pelo vereador Juliano Duarte, PPS, o encontro foi motivado pelas diversas reclamações recebidas pelo edil sobre a necessidade de revitalização da área. Aos finais de semana, principalmente, as denúncias de falta de respeito ao patrimônio histórico e acúmulo de lixo são frequentes.

Juliano Duarte ressalta que existe a necessidade concreta de melhorias no local, tais como instalação de banheiros públicos e aumento no número de lixeiras. “É preciso que haja um controle daquele espaço para que o nosso patrimônio, um local tão singular, seja preservado e palco de muitas novas histórias. Tenho certeza que este novo projeto será muito benéfico para a região, usuários e cidade”, garante o vereador.

Vereador Juliano e Secretário de Patrimônio, Efraim Rocha, avaliam projeto. Foto: Ascom/CMM

O anteprojeto citado por Juliano foi apresentado de forma resumida pelo secretário municipal de Patrimônio, Efraim Rocha, que participou da reunião, conjuntamente com um representante da secretaria de Obras e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o IPHAN. O trabalho recebeu aprovação através de parecer técnico (nº 31/2019) emitido pelo IPHAN. Ele foi elaborado em uma parceria entre a Prefeitura de Mariana e a Fundação Renova e contempla questões estéticas e estruturais da Praça.

O projeto de estruturação será apresentado oficialmente à Câmara, ao Executivo, ao IPHAN e demais interessados em reunião que a ser agendada. A sua execução depende de  aprovação dos órgãos competentes e viabilidade orçamentária.

O secretário Efraim Rocha considera a medida necessária e destaca a importância da conscientização por parte da população. “É necessário que este projeto seja concretizado, mas também vamos elaborar uma campanha educacional para que haja sua preservação e, assim, perpetuação da nossa história”, afirma o chefe da pasta.

Foto capa: Raissa Alvarenga

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *