255147828439789

última hora

Transcotta leva chumbo do Judiciário que impede paralisação unilateral de rotas distritais

29 de março de 2019 - 13:45 | por Redação
Transcotta leva chumbo do Judiciário que impede paralisação unilateral de rotas distritais
Mariana
0

A Prefeitura de Mariana informou que as linhas distritais, que seriam paralisadas unilateralmente pela Transcotta a partir do próximo dia 1º de abril, não serão suspensas. O Município  entrou com ação judicial e obteve liminar contra o ato da empresa, que foi impedida de prosseguir com sua intenção de punir usuários, sob alegação de que determinadas linhas davam prejuízos.

O Judiciário, de forma coerente, deferiu o pedido da Administração Pública Municipal e determinou que as linhas devam ser mantidas. Dessa forma, os usuários das linhas de ônibus que atendem os distritos de Passagem de Mariana, Santa Rita Durão, Águas Claras, Paracatu, Miguel Rodrigues, Barro Branco, Furquim, Goiabeiras e o bairro Liberdade, terão a oferta do serviço garantido, apesar da ameaça da empresa e sua desconsideração com a população marianense.

Justiça derrota Transcotta e garante direito ao transporte em distritos de Mariana Foto: Arquivo O Mundo

De acordo com o prefeito Duarte Júnior, a empresa teria que seguir vários trâmites para iniciar o anúncio de paralisação ou cancelamento, inclusive solicitar autorização do Município, o que não foi cumprido. Assim, o desejo da empresa fere diretamente o cidadão marianense. “Por mais que essas linhas possam dar prejuízo para a empresa, precisamos lembrar que várias outras têm um retorno considerável, devido ao grande movimento. Estaremos abertos ao diálogo, mas sempre priorizando a população de Mariana”, pontuou o prefeito Duarte Júnior.

Para a Transcotta resta o direito de espernear e refletir  sobre o ditado: “Quem casa com a viúva herda os filhos” e reconhecer que da carcaça do boi não sai só filé.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *