255147828439789

última hora

Três primas, três gêneros literários, três histórias de vida

20 de novembro de 2018 - 07:48 | por Sergio Sanches
Três primas, três gêneros literários, três histórias de vida
Literatura
0

A Casa dos Contos de Ouro Preto e a TodaVoz Editora convidam para o lançamento do livro “3 Primas – Crônicas e Memórias”, no dia 22 de novembro, quinta-feira, a partir de 19h.

As três escritoras mineiras, Angela Leite Xavier, Malluh Praxedes e Tita de Lima e Silva nasceram em Pará de Minas em décadas diferentes. Cada uma começou a escrever por motivos distintos e, num belo dia, descobriram que estavam retratando suas vidas em estilos próprios.

Angela Leite Xavier, escritora, contadora de histórias e ceramista, viveu por um bom período no Peru e na Bolívia, experiência que resultou no livro autobiográfico romanceado “Olhos de Estrela”. Seu primeiro livro “Tesouros, Fantasmas e Lendas de Ouro Preto” encontra-se na terceira edição. Casada com o artista plástico e escritor José Efigênio Pinto Coelho, reside em Ouro Preto, onde atua em diversas frentes artísticas.

Suas primas e parceiras no livro são:

Malluh Praxedes, idealizadora e coordenadora editoral do livro é escritora, jornalista, editora, produtora cultural e já publicou 18 livros dentre poemas, contos, crônicas e um quase romance. Trabalhou no BDMG-Cultural e foi a idealizadora do Prêmio BDMG-Instrumental. Colaborou no jornal Estado de Minas por sete anos – seu trabalho como jornalista e produtora resultou em um livro biográfico escrito por José Roberto Pereira – “O Som das Minas, nas anotações de Malluh”, lançado em 2016 na Casa dos Contos, em Ouro Preto. Malluh lançou o livro “Viu, Querida?” no restaurante Adega, com performance de Angela Leite Xavier e “Beijos de Acender o Dia” no Café do Centro Cultural Sesiminas, em Ouro Preto, ao lado de uma exposição de José Efigênio Pinto Coelho.

Tita de Lima e Silva vive em Brasília desde 1972. Mãe dos músicos Haroldinho Mattos e Paulo Mattos – ambos integraram o Mel da Terra. Colaborou como cronista no jornal Correio Braziliense por dois anos, no Caderno Mulher. Fazedora de massas, molhos e pães, por sua agilidade na cozinha, recebeu a ‘alcunha’ de Tita Catita. Tem dois livros lançados: “Água de Mina” (1986) e “Além dos Quintais” (2016), este com prefácio de Nicolas Behr. Participa de antologias e performance como poeta.

A ideia de publicar um livro contando a história das três primas surgiu quando Malluh descobriu o encanto de cada uma com sua história de vida. Tita sempre falando dos quintais, Angela como historiadora que é, sempre com um preciosismo impressionante e a idealizadora já atuava desde 2005 como colaboradora de sites e jornais, narrando sua vida naquela cidade.

O livro “3 Primas – Crônicas e Memórias”, foi editado pela Toda Voz Editora e tem projeto gráfico assinado por Pablo Gumz Praxedes.

No dia do lançamento, as primas pretendem conversar com seus leitores narrando sua experiência de uma vida na mesma cidade onde começaram a viver suas primeiras emoções. O debate será intermediado pela produtora mineira Andréa Haddad.

As primas lançaram o livro em Pará de Minas, dentro da programação do aniversário da cidade. Posteriormente a Ouro Preto – onde vive a Angela, lançarão em Belo Horizonte – cidade em que Malluh reside, e em Brasília, lugar em que Tita reside desde os anos 1970.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *